Elásticos nunca são demais

No auge do sucesso do Cartel de Medellín, Pablo Escobar e o seu irmão Roberto gastavam, alegadamente, 1000 dólares por semana em elásticos. Isto não era uma excentricidade, mas sim uma necessidade, tendo em conta que o cartel faturava cerca de 30 biliões de dólares anuais. Esse dinheiro tinha de ser organizado em maços e depois guardado em armazéns. Segundo declarações de Roberto Escobar, 10% de todo o dinheiro do Cartel ficava inutilizado. Os culpados? Ratos.