Chumbo (para além das balas)

Não é assim de estranhar que ouro e cocaína estejam de mãos dadas há já vários anos. Escobar viu as vantagens de diversificar a sua carteira de investimentos, e na segunda metade da década de 1980, La Mina era uma das maiores operações de lavagem de dinheiro, ao mesmo tempo que era um negócio de exploração mineira. O esquema era simples: enormes remessas de chumbo revestido a ouro eram enviadas para os EUA. Ao serem declaradas como ouro puro, quantias avultadas de dinheiro podiam ser depositadas legalmente no sistema bancário americano, decorrentes da “venda” deste ouro. De seguida, o dinheiro era transferido para contas bancárias associadas ao Cartel de Medellín, espalhadas por vários bancos da América Central e Caraíbas.