Morar numa catedral

Escobar era um estratega e demonstrou-o ao entregar-se às forças policiais colombianas, não sem antes encontrar forma de tornar inconstitucional a extradição para os EUA (supostamente juntou esforços num grupo de lóbis de narcotraficantes, que eventualmente influenciou as pessoas certas no Congresso). Desta forma, conseguiu controlar os termos da sua prisão, uma palavra algo forte para o que se pode descrever como uma estada premeditada num estabelecimento de luxo, num período máximo de cinco anos. “La Catedral”, o estabelecimento prisional onde permaneceu durante cerca de um ano, foi construída de acordo com as suas próprias especificações e estava dotada de campo de futebol, jacuzzi, uma cascata, vistas privilegiadas dos Andes e uma linha de visão direta para a casa onde moravam a sua família, para que, com recurso a um telescópio, a pudesse ver enquanto falava ao telefone. Naturalmente, Escobar usou “La Catedral” como a sua nova sede de empresa, continuando a supervisionar toda a operação de tráfico de cocaína.